terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Idéias para o calendário do futebol brasileiro


Em épocas de Estaduais, pré-temporadas curtas e início de Libertadores e Copa do Brasil, o mesmo assunto sempre vem à tona: o inadequado calendário do futebol brasileiro. O assunto não é novo nem mesmo neste blog, mas se depois de trinta anos os pontos corridos finalmente foram adotados, por que não discutir o tema à exaustão até que se chegue a um consenso?

A proposta é simples: o calendário brasileiro deve ser adequado ao europeu. Mas como conseguir incutir na cabeça do torcedor as temporadas que começam em um ano e terminam em outro? A idéia seria readequar as competições.

Primeiro ponto: os Estaduais precisam acabar. Rivalidades regionais existem e são centenárias, e não deixarão de as ser com o fim desses campeonatos, que convenhamos, só existem no Brasil e não fazem mais o menor sentido. Será possível que com isso os clubes pequenos acabem? Esta é uma regra do próprio sistema que rege o futebol, capitalista como é - quantos clubes grandes, como Santa Cruz, Guarani e Bahia, já não foram ultrapassados por outros de menor tradição, mas maior aporte financeiro e mais bem estruturados? O protecionismo não pode ser conivente com a incompetência.

Assim, com o fim dos estaduais, o Brasileirão poderia começar em fevereiro, deixando janeiro para a pré-temporada. Um campeonato bem estruturado em quatro divisões pode comportar os times pequenos que atualmente só disputam os regionais e mantê-los ativos por todo um semestre - que é o que acontece com a maioria atualmente.

Três divisões nacionais com 20 times, como acontece atualmente, e mais uma quarta divisão nos moldes europeus: regionalizadas na primeira fase, que pode durar um semestre e envolver dezenas de clubes, classificando os melhores para a fase nacional no segundo semestre, com 20 ou 40 clubes, classificando 4 para a Terceirona do ano seguinte. Assim, os pequenos continuariam existindo.

Por fim, Libertadores e Copa do Brasil são competições completamente distintas. Não é justo que uma equipe que dispute uma, não participe de outra. Nesse caso, os grandes europeus jamais disputariam suas copas nacionais - este sim o local adequado para os pequenos receberem os grandes.

A idéia é separar: Copa do Brasil em um semestre, competições internacionais em outra. Libertadores e Sul-Americana disputadas juntas podem permitir o mesmo que UCL e Copa Uefa: os terceiros colocados ainda têm chance de serem campeões de um torneio menor. Obviamente, neste caso seria necessária uma adequação de todo o calendário sul-americano - e para a Conmebol não é interessante ter as mesmas competições, por envolver contratos de patrocínio e exposição na mídia. Sem contar que clubes como Boca e River têm vaga vitalícia na Sul-Americana - procedimento que precisa ser abolido. Quem joga uma, não joga outra.

Enfim: campeonatos de fevereiro a novembro, férias em dezembro, pré-temporada em janeiro. Dá até para abrir 15 dias de descanso em julho.

Não é difícil, nem complicado de se chegar a essa fórmula.

Basta querer.

13 comentários:

Marcelinho disse...

Concordo, os regionais são defendidos pela causa dos times pequenos, mas sem os grandes as médias de público não passam das 3 mil pessoas.

Lara Monsores disse...

Essa questão do calendário é muito complexa, mas concordo com algumas sugestões suas como a possibilidade de um mesmo time disputar a Copa do Brasil e a Libertadores. Realmente são duas competições muito diferentes. Porém, não acho que devíamos abolir os estaduais, não sei se estou sendo mt conservadora, mas não gostaria da idéia de não poder mais ver o Fla eliminando o Vasco numa semifinal.

Pior é o calendário do futebol feminino que até hoje está indefinido!

PS: Maurício, gostei muito do seu blog,com discussões inteligentes sobre o futebol e te indiquei a um selo. É só pegar lá no meu blog futehistoria.blogspot.com

Abs.
Lara Monsores

Gustavo Vargas disse...

Também acho inadmissível um clube que está na Libertadores não poder participar da Copa do Brasil. Desse jeito, o Grêmio nunca será penta hahah...

Abraços,
Gustavo Vargas

Sobre o Futebol Carioca disse...

concordo!

Marcel disse...

Olá Maurício,
Seu blog é muito bom, cara!
Podemos trocar links.
Acesse o meu: www.marcelcapretz.com.br
Abraços,
Marcel Capretz

gerson disse...

Daí Maurício, tudo blz?
Tb acho q os calendários devem ser redefinidos, mas sou contra o fim dos estaduais. acho q são uma tradição do futebol brasileiro e não podem ser jogados fora. além disso, o clube grande q seja organizado usa os estaduais como uma espécie de pré-temporada, o q pode ser muito proveitoso. Além disso, os estaduais fazem com q os grandes joguem no interior. Eu, particularmente, acho q a ida de grêmio e inter para o interior só reforça o simbolismo do futebol gaúcho.
Talvez o melhor fosse dar cabo da copa do brasil, essa sim, q só serve para dar uma vaga à libertadores q poderia ser passada para o brasileirão e para agradar federações estaduais.
Grande abraço!

carlos pizzatto - blog do carlão disse...

Não há interesse dos argentinos que Libertadores e Sul-Americana sejam disputadas simultaneamente.

Anônimo disse...

Na minha opinião a temporada deveria começar na última semana de Agosto com a Supercopa do Brasil, entre o campeão do Brasileirão e o campeão da Copa do Brasil;com jogo único em estádio previamente escolhido.
Em Setembro seriam disputados os estaduais com jogos nas quartas, quintas, sábados e domingos (as partidas seriam apenas no interior do estado com final em jogo único)ou seja; os estaduais teriam 8 datas.
De Outubro a Dezembro seriam disputados os Regionais com algumas adaptações:Copa Sul(RS,SC,PR,SP), Copa Sudeste(RJ,MG,ES), Copa Cento- Oeste(GO,MT,MS,DF,TO), Copa Nordeste(BA,PE,SE,AL,PI,PB,MA,CE,RN) e Copa Norte(PA,AP,RR,RO,AC,AM). Seriam 12 datas para realizar as competições.
A última semana de Dezembro e a primeira de Janeiro não haveria jogo.
O Brasileirão teria 3 divisões (ABC)sendo disputado de Janeiro a Maio (5 meses de duração). A 1°divisão teria 20 clubes e seria disputado em turno único, sendo 9 jogos em casa, 9 jogos fora e a última rodada em estádio neutro; assim aumentaria a emoção na última rodada (afinal que torcedor da Bahia por exemplo não gostaria de ver um jogo entre Flamengo x Corinthians ou um Internacional x Grêmio em seu estado?)Enfim,os 4 primeiros iriam para a libertadores,os 4 clubes na sequência iriam para a sul-americana e 4 seriam rebaixados.
A 2°divisão também contaria com 20 clubes em turno único, onde 4 subiriam e 8 seriam rebaixados, assim torna o campeonato mais emocionante, pois restam apenas 8 posições sem interesse e não 12 da atual fórmula. Já sobre a questão da última rodada talvez na série b não dê certo,então fica assim: os 4 que caíram para essa divisão + os que ficaram entre 5° ao 10° na competição do ano anterior jogam 10 jogos em casa e 9 fora, enquanto que os 8 que subirem + quem ficou na 11° e 12° na edição anterior jogam 9 em casa e 10 fora, é tipo para que cada posição na tabela tenha sua importância e poderia ser aplicado também na 1°divisão. Vcs escolhem! Vale lembrar que os 8 que caírem da série B tem que buscar a vaga para a série C através do seu estadual.
A série C contaria com cerca de 60 clubes divididos em 4 grupos de 15, havendo assim 14 rodadas (7 em casa, 7 fora)com uma semana de folga para cada clube participante. os 4 melhores de cada grupo avançam para as oitavas de finais, sendo que os que passaram em 1° ou 2° enfrentarão quem passaram em 3° ou 4°, a vantagem é que quem passou em 1° ou 2° jogarão em casa, poisas oitavas serão em partidas únicas. As quartas e as semi-finais também serão em partidas únicas definidas por sorteio. Já a final será em duas partidas(de ida e de volta)definida por sorteio.O NÚMERO DE VAGAS de cada estado para a disputa da série C serão definidas de acordo com o ranking da CBF de Federações. Já os grupos seriam formados de acordo a localização geográfica para poupar gastos.
Depois eu continuo, pois agora tenho aula!!!

Anônimo disse...

Bom antes de continuar, gostaria de colocar só mais alguns detalhes nas competições acimas: Os clubes que estiverem garantidos nas séries A e B + os que caíram da série B do Brasileirão já teriam vaga garantida no estadual e os regionais seriam disputados entre os clubes que disputariam o BRASILEIRÃO A,B e C da mesma temporada. Agora sim posso continuar:
Teríamos as eliminatórias para os Estaduais que serviriam para completar o número de clubes que disputarão o Estadual da temporada seguinte e seriam disputados entre Outubro a Maio pelos clubes que não estivessem na A,B ou C do Brasileirão. Essas eliminatórias abrangeriam clubes amadores e profissionais do estado sendo disputado dessa maneira: A 1° fase da competição seria regional para envolver verdadeiramente todo o estado.Enfim, cada região teria seu grupo, quem avançar passa para a 2° fase que é estadual, formando 2,4 ou outro número(dependendo do estado) grupos de nível estadual(vale lembrar que tanto a primeira quanto a segunda fase dessa eliminatória seria em forma de pontos corridos.A segunda fase teria que acabar em Abril e chegaríamos finalmente a fase de "mata" onde haveriam os clubes que passaram da 2° fase mais os clubes do estado que disputaram a série C + não conseguiram acesso a série B e a competição terminaria em Maio.
Libertadores seria disputada de Outubro a Maio com a seguinte distribuição d vagas:BRASIL 5 (no post em cima coloquei 4, me equivoquei)ARGENTINA 5,URUGUAI 3,PARAGUAI 3,CHILE 3,COLÔMBIA 3,EQUADOR 2,PERU 2,BOLÍVIA 2,VENEZUELA 2,SURINAME 1,GUIANA 1,Guiana FRA não tem vaga por ser dependente e ter futebol semiamador e prendido as competições da França
Total:32 clubes.Esses clubes seriam divididos em 8 grupos de 4 com 6 rodadas (ida e volta) os 2 primeiros de cada grupo avançam para as oitavas com confrontos definidos por sorteio (os 1°colocados no pote1 e os 2° colocados no pote 2)2jogos e os clubes que ficaram m 3° lugar caem para sulamericana; as quartas e semi também definidas por sorteio e dois jogos e a final em jogo único em estádio previamente escolhido pela Conmebol.
TOTAL: 13 JOGOS
A Sulamericana teria 24 clubes divididos em 8 grupos e 3 e seria disputada de Outubro a Abril com as seguintes vagas:
BRASIL 4,ARGENTINA4,URUGUAI 2,PARAGUAI 2,CHILE 2,COLÔMBIA 2,EQUADOR 2,PERU 2,BOLÍVIA 1,VENEZUELA 1,SURINAME 1 e GUIANA 1.Assim cada clube jogaria 4 vezes em 6 datas. Passariam apenas o 1° de cada grupo, totalizando 8 e esses 8 enfrentariam nas oitavas de final os 8 clubes que ficaram em 3° lugar em seu grupo na libertadores (na champions league é assim).Os clubes que ficaram em 1° teriam o segundo jogo em casa(as partidas seriam definidas por sorteio)quartas e semi também em 2 jogos definidos por sorteio e final em jogo único com estádio escolhido pela Conmebol.Total:11jogos
Se depende-se deu a Copa do Brasil seria a maior Copa de clubes do mundo com aproximadamente 50.000 mil participantes, superando a Copa da França.Essa competição envolveria verdadeiramente toda a nação com clubes profissionais e amadores. Começaria em Julho com os clubes amadores, que jogariam em fases municipais, regionais(do estado)e estaduais; na sequência estraria os clubes profissionais que não estivessem disputando regionais (e consequentemente Brasileirão), depois entrariam os clubes da série C,depois da série B,Depois da série A(exceção dos clubes que estão na Libertadores e Sulamericana)e por último a entrada dos clubes que estão em competições continentais. De julho a Setembro por só ter jogos com times amadores, os jogos poderiam ser meio e finais de semana,+ a partir de Outubro para não atrapalhar nas Eliminatórias para os Estaduais, os jogos seriam apenas nos meios de semana (quarta e quinta)e a competição iria até março com tranquilidade e para não atrapalhar os clubes que estão em outra competição.Total:9meses
Para finalizar,a questão dos horários: acho que um horário bom é das 18:00 às 20:00 meio e final de semana + se alguém tiver um horário melhor,fica em aberto.

Anônimo disse...

Bom antes de continuar, gostaria de colocar só mais alguns detalhes nas competições acimas: Os clubes que estiverem garantidos nas séries A e B + os que caíram da série B do Brasileirão já teriam vaga garantida no estadual e os regionais seriam disputados entre os clubes que disputariam o BRASILEIRÃO A,B e C da mesma temporada. Agora sim posso continuar:
Teríamos as eliminatórias para os Estaduais que serviriam para completar o número de clubes que disputarão o Estadual da temporada seguinte e seriam disputados entre Outubro a Maio pelos clubes que não estivessem na A,B ou C do Brasileirão. Essas eliminatórias abrangeriam clubes amadores e profissionais do estado sendo disputado dessa maneira: A 1° fase da competição seria regional para envolver verdadeiramente todo o estado.Enfim, cada região teria seu grupo, quem avançar passa para a 2° fase que é estadual, formando 2,4 ou outro número(dependendo do estado) grupos de nível estadual(vale lembrar que tanto a primeira quanto a segunda fase dessa eliminatória seria em forma de pontos corridos.A segunda fase teria que acabar em Abril e chegaríamos finalmente a fase de "mata" onde haveriam os clubes que passaram da 2° fase mais os clubes do estado que disputaram a série C + não conseguiram acesso a série B e a competição terminaria em Maio.
Libertadores seria disputada de Outubro a Maio com a seguinte distribuição d vagas:BRASIL 5 (no post em cima coloquei 4, me equivoquei)ARGENTINA 5,URUGUAI 3,PARAGUAI 3,CHILE 3,COLÔMBIA 3,EQUADOR 2,PERU 2,BOLÍVIA 2,VENEZUELA 2,SURINAME 1,GUIANA 1,Guiana FRA não tem vaga por ser dependente e ter futebol semiamador e prendido as competições da França
Total:32 clubes.Esses clubes seriam divididos em 8 grupos de 4 com 6 rodadas (ida e volta) os 2 primeiros de cada grupo avançam para as oitavas com confrontos definidos por sorteio (os 1°colocados no pote1 e os 2° colocados no pote 2)2jogos e os clubes que ficaram m 3° lugar caem para sulamericana; as quartas e semi também definidas por sorteio e dois jogos e a final em jogo único em estádio previamente escolhido pela Conmebol.
TOTAL: 13 JOGOS
A Sulamericana teria 24 clubes divididos em 8 grupos e 3 e seria disputada de Outubro a Abril com as seguintes vagas:
BRASIL 4,ARGENTINA4,URUGUAI 2,PARAGUAI 2,CHILE 2,COLÔMBIA 2,EQUADOR 2,PERU 2,BOLÍVIA 1,VENEZUELA 1,SURINAME 1 e GUIANA 1.Assim cada clube jogaria 4 vezes em 6 datas. Passariam apenas o 1° de cada grupo, totalizando 8 e esses 8 enfrentariam nas oitavas de final os 8 clubes que ficaram em 3° lugar em seu grupo na libertadores (na champions league é assim).Os clubes que ficaram em 1° teriam o segundo jogo em casa(as partidas seriam definidas por sorteio)quartas e semi também em 2 jogos definidos por sorteio e final em jogo único com estádio escolhido pela Conmebol.Total:11jogos
Se depende-se deu a Copa do Brasil seria a maior Copa de clubes do mundo com aproximadamente 50.000 mil participantes, superando a Copa da França.Essa competição envolveria verdadeiramente toda a nação com clubes profissionais e amadores. Começaria em Julho com os clubes amadores, que jogariam em fases municipais, regionais(do estado)e estaduais; na sequência estraria os clubes profissionais que não estivessem disputando regionais (e consequentemente Brasileirão), depois entrariam os clubes da série C,depois da série B,Depois da série A(exceção dos clubes que estão na Libertadores e Sulamericana)e por último a entrada dos clubes que estão em competições continentais. De julho a Setembro por só ter jogos com times amadores, os jogos poderiam ser meio e finais de semana,+ a partir de Outubro para não atrapalhar nas Eliminatórias para os Estaduais, os jogos seriam apenas nos meios de semana (quarta e quinta)e a competição iria até março com tranquilidade e para não atrapalhar os clubes que estão em outra competição.Total:9meses
Para finalizar,a questão dos horários: acho que um horário bom é das 18:00 às 20:00 meio e final de semana + se alguém tiver um horário melhor,fica em aberto.

Anônimo disse...

Montei esse calendário fazendo um junção de várias ideias que vi em blogues como esse, então o mérito não é só meu. Enfim, com esse calendário nem os times amadores ficarão sem jogar; os times terão os meses de junho, julho e agosto para para tirar férias, dar espaços para competições das seleções, fazer uma pré-temporada digna e ainda faturar uma bolada com excursões por vários países e jogos contra MAN UTD por exemplo, além de haver brechas durante a temporada para as chamadas datas FIFA. o QUE ACHARAM???

Anônimo disse...

Eu adorei seu calendário, pois o Brasileirão não demoraria tanto para acabar, afinal, para que turno e returno? E também é bom por que torcedores como eu tem a possibilidade de ter um jogo entre flamengo x são paulo em Alagoas, sem precisar viajar tão longe para assistir esse jogo. Eu garanto que iria lotar!!! Os demais campeonatos foram ótimos tbem. PARABÉNS!!!

carlos disse...

Nossa cara eu gostei do seu calendário mas é pena que dificilmente será implantado mermo assim parabéns cara.